Na cadeia, Júnior do Nenzin disse que amava o pai

Após buscas que duraram toda a madrugada, Mariano Júnior, o Júnior de Nenzin, foi preso pela polícia militar. Ele é o principal suspeito pela morte de Nenzin, seu próprio pai, ex-prefeito de Barra do Corda.

Ao ser preso, Júnior do Nenzin disse que amava o pai. “Eu amo meu pai, desculpa” disse.

Neste momento “Nenzim do PV” está sob o poder da Polícia, na delegacia de Barra do Corda. O crime foi consumado na manhã de quarta-feira (6) e deixou perplexos os moradores.

Uma ideia sobre “Na cadeia, Júnior do Nenzin disse que amava o pai

  1. Se foi ele mesmo podemos afirmar que ele criou uma cobra pra lhe comer. E ah devemos questionar que educação esse homem deu para o filho. Será que ele ensinou que os bens materiais estão acima dos valores morais. Será que ele deu exemplo o que a maioria dos políticos dão para os filhos, co.o por exemplo roubar dinheiro público, e com esse exemplo ele acharia que o filho só ia roubar dinheiro público jamais roubaria ele mesmo.
    Com isso concluo minha opinião cuidado com o exemplo que dão aos seus filhos. Pode o feitiço virar contra o feiticeiro.

Deixe o seu comentário