“Eliziane só quer o apoio do PMDB na calada da noite, não da pra confiar” diz Fábio Câmara

 

fabioeeliz

A deputada federal Eliziane Gama(PPS), pré-candidata à Prefeitura de São Luís, participou agora há pouco de uma reunião com a cúpula do PMDB na sede do diretório Estadual do partido, no São Francisco. O encontro para tratar dos termos de uma possível aliança PMDB/PPS, não contou com a presença do vereador e pré-candidato do partido, Fábio Câmara.

O suplente de senador Edson Lobão Filho foi quem convenceu a parlamentar participar da reunião. Câmara, por sua vez, considerou  a postura do partido de oferecida e não quis saber de conversa. Ele deixou o encontro sem falar com a imprensa.

Em conversa com o titular do Blog, o vereador Fábio Câmara falou que não dá pra confiar em Eliziane. “Ela só quer o apoio do partido na calada da noite, não quer aparecer do lado do PMDB, e quem vai confiar em alguém assim?” Disse.

O vereador disse que sua candidatura segue firme e forte .

Chapadinha: Magno Bacelar manobra para deixar de ser ficha suja

Magno Bacelar, ex-prefeito de Chapadinha
Magno Bacelar, ex-prefeito de Chapadinha

O ex-prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar – que hoje possui mais de seis processos de prestação de contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, com imputações de débitos em valores milionários e que o tornou inelegível – está tentando fazer uma manobra perante a Corte de Contas para viabilizar sua candidatura a prefeito. Um verdadeiro escândalo:

Screenshot 2016-07-26 at 17.51.12

O TCE apreciará na sessão desta quarta-feira (27) pedido de Retificação de Acórdão que foi feito pelos advogados do ex-prefeito Magno Bacelar, cujo processo é de relatoria do conselheiro Washington de Oliveira, o que, em tese, poderá afastar a aplicação da Lei de Ficha Limpa em face do mesmo:

Screenshot 2016-07-26 at 17.51.40

Acontece que essa manobra utilizada durante anos por vários ex-gestores do Estado do Maranhão foi barrada recentemente pelo Superior Tribunal de Justiça, que no julgamento do Mandado de Segurança n. 51.043-MA (2016/0121257-6) decidiu que a republicação de acórdãos pelo TCE-MA viola a coisa julgada.

No referido julgamento o Ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça, decidiu que o TCE-MA viola a “coisa julgada administrativa” republicando acórdãos do próprio Órgão de Contas após o trânsito em julgado dos julgamentos de contas, onde em seu voto cita precedentes da corte superior, bem como doutrinadores que não aceitam sequer o Judiciário mudar as decisões dos Tribunais de Contas, quiçá o próprio Tribunal de Contas.

Dentre as irregularidades apontadas nas prestações de contas do ex-prefeito Magno Bacelar destacam-se realização de despesa sem processo licitatório, pagamentos sem a comprovação da prestação de serviços, fragmentação de despesas, aplicação irregular dos recursos do FUNDEB, despesas lastreadas com Notas Fiscais inidôneas e irregularidades em obras, o que gerou a condenação do ex-prefeito ao pagamento de débitos em valores milionários, vejamos:

Screenshot 2016-07-26 at 17.53.02

Screenshot 2016-07-26 at 17.53.07

Screenshot 2016-07-26 at 17.53.15

O ex-prefeito ficha suja além da manobra perante o TCE-MA também está tentando anular as decisões do TCE por meio do Poder Judiciário. Ficam as seguintes perguntas: Algum juiz terá a coragem de anular as decisões da Corte de Contas Maranhense que demonstraram a existência de várias irregularidades na aplicação de recursos públicos? Será se a Lei da Ficha Limpa não tem valor? A população que não tolera mais ficha suja vai entender isso como?

Blog do Minard

Filho de Hildo Rocha assume Codevasf

6d6f3647-4f4b-43b7-9936-8f9a8a42053bO “filho” do deputado Hildo Rocha,João Francisco Jones Fortes Braga, peemedebista ex-prefeito do município de Nina Rodrigues foi empossado nesta tarde (26) novo superintendente da Codevasf no Maranhão.
A posse foi assinada durante solenidade pela presidente nacional, Kênia Régia Anasenko Marcelino, na sede da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Brasília.

Quem esteve presente também foi o deputado federal Hildo Rocha, que é amigo e pai de Jones na política.

Nina Rodrigues: Rodrigues na maior cara de pau diz que é um candidato “liso e humilde”

FB_IMG_1469562754407A cidade de Nina Rodrigues vive e respira política. Faltando pouco mais de dois meses para a eleição, candidatos cortam os quatro cantos da cidade em busca de votos.

O pré-candidato Rodrigues da Iara (PDT), que foi ex-secretario de saúde do município, é conhecido na região como empresário bem sucedido, tudo ás custas da “viúva”. Acumulou um patrimônio milionário com o salário de pouco mais de três mil reais, e o curioso disso tudo, é que agora o mesmo fala por onde vai pedir votos, que é um homem “liso e humilde”.

Quem conhece Nina Rodrigues sabe que o pré-candidato nunca abriu as portas de sua casa para ajudar uma pessoa se quer, sempre abriu sua casa para amigos próximos fazer festas e mais festas com o dinheiro público.

Agora o “BEBEZÃO” anda desfilando nos seus vários carros de luxos com os vidros abertos, e com o sorriso falso querendo mudar em pouco tempo, a fama de playboy.

É melhor o leitor e os eleitores de Nina tomar cuidado, pois depois que acabar as eleições tudo voltará ser como antes, o “BEBEZÃO” sumirá novamente, até o dinheiro começar acabar.

Assim como fez o PT, outros partidos devem abandonar o barco de Edvaldo Holanda em Slz

edivaldo-2

O prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Jr (PDT), já começa a sentir na pele a falta de prestígio com a classe política na capital Maranhense.

A maior prova disso aconteceu no final da noite de ontem, quando alegando “impasses na formação da majoritária e proporcional em São Luís”, o Partido dos Trabalhadores (PT), decidiu suspender a aliança que já estava acertada com o PDT, do prefeito, na capital.

Edivaldo não está cumprindo nada do que prometeu a dirigentes de partidos que decidiram apoior a sua reeleição.

Assim como fez o PT, outros partidos já planejam abandonar o barco. A insatisfação é geral, e por conta disso, presidentes e dirigentes de outras siglas já avaliam uma nova composição, que não seja a de seguir com Edivaldo.

Holandinha tem todos os motivos do mundo para se preocupar, pois parte do seu crescimento nas últimas pesquisas, se deu pela união e “empenho” do grupo montado para garantir sua reeleição, e com a saída de algumas siglas, sua queda pode ser inevitável.

PT abandona o barco do prefeito Edivaldo em São Luís

O Partido dos Trabalhadores decidiu agora a pouco suspender a aliança que já estava sendo costurada com o PDT em vários municípios, inclusive em São Luis com o apoio à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Blog do Robert Lobato já havia informado que essa situação poderia correr principalmente depois que o presidente estadual do PDT. deputado federal Weverton Rocha, resolveu retirar o apoio do partido à pré-candidatura do ex-reitor do Ifma, o petista Zé Costa, no município de Zé Doca, para entregar ao PR do deputado estadual Josimar de Maranhãozinho (reveja aqui)..

O PT vai aguardar uma posição oficial do PDT e do PCdoB sobre as questão de São Luis, onde foi indicado advogado Mário Macieira para compor a vice de Edivaldo, assim como o caso de Zé Doca, até o dia 28/07/2016, para deliberar sobre o rumo do partido na capital, em Balsas, Imperatriz, Timon, entre outras cidades.

Para não perder tempo no calendário eleitoral, dirigentes locais e nacionais já abriram um canal de diálogo com o pré-candidato pelo PP, Welington do Curso.

Mas isso é assunto para outra postagem.

Confira nota oficial divulgada na noite esta segunda-feira:

pt

Vargem Grande: Quatro nomes na briga pela vaga de vice na chapa de Carlinhos Barros

1469486348494As reviravoltas no cenário político de Vargem Grande a cada dia que passa, tem uma nova história.

No último sábado (23) aconteceu a convenção do PCdoB, onde seria homologada as candidaturas de Carlinhos Barros e Toinho do Juvenil, prefeito e vice, só que apenas a do prefeito (CB) foi homenageada, deixando uma dúvida de quem seria o vice.

O Blog já tinha antecipado que Juvenil não seria companheiro de chapa de CB,por conta de problemas no TCE-MA, e hoje pela manhã, o próprio Toinho tratou de confirmar.

A confirmação veio através de uma rede social feita pelo próprio comunista.

Com a saída de Juvenil do páreo, quatro nomes aparecem com mais chances de ser companheiros de chapa de CB.

O jovem empresário Diego Madeireira confirmou agora pouco ao titular do Blog que colocará seu nome a disposição do grupo. Diego é presidente do PR na cidade, e tem uma boa relação com políticos a nível estadual e municipal, e isso pode pesar na escolha.

Outro que confirmou que lançará seu nome, foi o vereador Toninho Abreu. O vereador que faz oposição ao prefeito Edivaldo e ao grupo do ex-prefeito Miguel, trabalha dia e noite para defender a população de Vargem Grande, sempre muito honesto e homem de palavra quando o assunto é grupo político.

Matias Pancadão e Roberto Juvenil são os outros dois nomes que podem surpreender e garantir a vaga de vice.

Pancadão disse que já trabalha na articulação para garantir seu nome como companheiro de chapa de Carlinhos Barros.

Nomes como o de Jorge Fortes, Wellington e Louro Pinto já estão descartandos da disputa.

Especulava-se que com a saída de Juvenil, ele indicaria sua mulher, mas essa idéia já é dada como carta fora do baralho no grupo.

Até quarta feira o grupo já terá uma definição de quem será o companheiro de chapa do CB.

Vargem Grande: O próprio Carlinhos Barros descartou ultima tentativa de aliança com grupo de Aparecida

othelino-neto-toinho-juvenil-jorge-fortes-carlinhos-barros-conceicao-mesquita-clecio-coelho-e1446063912312O grupo liderado pela ex-prefeita Aparecida Leite (PSB), representado por Wellington Leite (PSDB) e mais 16 pré-candidatos a vereador de cinco (05) partidos, reuniu com Carlinhos Barros numa espécie de ultima tentativa de unir com o neo-comunista.

Na ocasião o grupo somente exigiu a garantia dos pré-candidatos a vereador disputar em uma das coligações formada pelo candidato ou poder formar outra coligação, mas o grupo recebeu de forma humilhante um não de Carlinhos Barros que não demostrou nenhum interesse em tê-los em seu palanque.

No mesmo dia o grupo conversou com o ex-prefeito Dr. Miguel Fernandes (PMDB) que de forma respeitosa demonstrou interesse pela aliança e logo disponibilizou de forma prioritária as vagas dos pré-candidatos numa coligação que terá 26 candidatos sem mandatos eletivos.

No dia seguinte a convenção de Carlinhos Barros e a união de Aparecida e Dr. Miguel, uma das notícias que circulava na cidade de Vargem Grande, era que a vice do PCdoB não tinha sido homologada e o curioso é que Toinho do Juvenil (PCdoB) amanheceu o dia mandando recados de que abria mão de tudo, inclusive a vaga de vice, para Wellington Leite e sua mãe ficar com o grupo deles.

Toinho do Juvenil e Carlinhos Barros ainda conseguiram conversar com Wellington Leite, que prontamente despachou sem arrodeio e meio termos à dupla. E só foi preciso alguns minutos para mentira e contradições vir à tona e rapidamente evidenciar que o interesse dos comunistas era desmoralizar o grupo de Aparecida que já tinha batido o martelo com Dr. Miguel e conseguir o PPS para Juvenil indicar a mulher de vice na chapa.

Brincadeira! Filho de Waldir Maranhão devolverá salário recebido no TCE em 24 prestações

waldir-maranhao-3_originalFilho de Waldir Maranhão, Thiago Augusto vai devolver ao Tribunal de Contas do Maranhão R$ 565.163,06 — em entrada mais 24 prestações. Augusto foi nomeado assessor da corte estadual por um aliado do pai, mas trabalhava como médico em São Paulo. Ele foi exonerado do posto em 9 de maio, quando a coluna revelou o caso.

Seu salário mensal no tribunal girava em torno de R$ 6,5 mil. Ele já estava lotado no gabinete de Edmar Cutrim quando concluiu sua residência médica, no Rio de Janeiro.

Funcionários que trabalham com gestão de pessoas no tribunal informaram à coluna que o cargo de Thiago Augusto — assessor de conselheiro TC04 — prevê expediente diário no gabinete.

Procurado pela coluna, o conselheiro que o empregava disse inicialmente que o filho de Waldir Maranhão ia ao trabalho “todo mês”. Depois se corrigiu e disse que o funcionário aparecia “duas, três, quatro vezes por semana”. Desligou o telefone e não voltou a atender às ligações. A assessoria do deputado foi contatada na sexta-feira (22), mas não se manifestou.

O aspecto segundo turno

canditatos

A pesquisa de intenções de votos Econométrica, registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-­03691/2016 e que ouviu 985 eleitores da capital, confirmou o que o próprio instituto e outras pesquisas já haviam constatado e mostrou o protagonismo de três pré-­candidatos em São Luís: Edivaldo Holanda Júnior (PDT), Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP).

Edivaldo, contudo, ultrapassou Gama e acendeu o sinal de alerta na campanha da popular-­socialista. Wellington seguiu com o crescimento dentro da margem de erro, mas permaneceu consolidado como uma espécie de terceira via para o pleito. Para analistas, o cenário ainda é de indefinição.

Mas, um aspecto que chama a atenção dos mais atentos diz respeito à simulação de disputa de um eventual segundo turno.

Wellington, que pela primeira vez encara uma disputa majoritária, venceria os seus principais adversários no segundo turno.

Na simulação contra Edivaldo Júnior, a pesquisa deu a seguinte classificação favorável ao pepista: 37,4% contra 31,6%.

Já na simulação contra Eliziane Gama, os números foram 35% a 32,6%. Um detalhe interessante é que, apesar da vantagem do deputado estadual, há um empate técnico em todos os cenários quando aplica­-se a margem de erro.

Outro dado interessante no que diz respeito a um eventual segundo turno, segundo a Econométrica, foi a diminuição da diferença percentual entre Edivaldo e Eliziane.

O pedetista cresceu e conseguiu tirar 13 pontos de desvantagem em relação à adversária. No primeiro levantamento da Econométrica, realizado em junho, a distância de Gama para o prefeito era de 14 pontos. Na pesquisa deste fim de semana, a vantagem caiu para apenas 1 ponto, fato comemorado pelo núcleo da pré­-campanha do pedetista.

Esses são alguns dos cenários que passaram a ser analisados com maior profundidade pelos três pré­-candidatos no fim de semana.

A pesquisa foi contratada por Luís Assis CS de Almeida­ME

Reação – O presidente estadual do Partido Progressista no Maranhão, deputado federal André Fufuca, reagiu às críticas de aliados da pré-­candidata Eliziane Gama (PPS) à pesquisa Econométrica.

O tom da censura aos números por parte de popular-­socialistas aumentou depois de divulgados os resultados das simulações de segundo turno.

Para os aliados da pré­-candidata, houve “efeitos especiais” na tabulação dos resultados. “Simples. Contratem um instituto e tirem a dúvida”, reagiu Fufuca.

(Coluna Estado Maior)